Comemoração de 10 anos da escola

10/10/2016

E aqui estamos nós na comemoração de 10 anos da escola…
E eu preparando o workshop sobre o papel do livro na nossa metodologia para os teachers de São Paulo e lembrando como foi que tudo isso aconteceu.

Bom, em 2006 uma novata (no caso eu) na cidade grande, São Paulo, começou a dar aulas particulares e percebeu que os prédios tinham tudo. Pra quê uma escola com estrutura física?
Com essa ideia, eu e a Flávia Barata e Conde (hoje uma das proprietárias da unidade de Moema), levamos o projeto adiante de oferecer aulas de inglês com qualidade para crianças nos condomínios paulistanos.
O começo foi ótimo! Muito trabalho – lógico! – mas tivemos um excelente início.

E no primeiro semestre de 2007, Flávia nos deixou e foi morar “overseas”. Todos da primeira equipe ficaram tristes (e eu além de triste, nervosa!).

Mas com cada dia mais trabalho, seguimos em frente.
Saímos da lavanderia da minha casa e da sala de jantar da Flávia para nosso first office.
E no boca a boca fomos crescendo!

Lembro de muitos desafios e recompensas: nossa primeira Feature Presentation no Teatro Fábrica em 2007 foi demais!
Olha a minha loucura: reunir as crianças espalhadas por toda a cidade para fazerem uma apresentação juntas! Mas deu certo – e continua dando! E só quem vive a Feature Presentation sabe do “reward” que o evento proporciona.
Lembro quando conseguimos fazer nossa primeira leva de pastas e cadernos com os bonequinhos do antigo logo vestidos para o Winter Camp e também para o Summer Camp em Floripa.

E agora? Onde estamos?
Estamos com uma cara nova – um logo mais moderno!
Mas a essência continua sendo a mesma – aulas de inglês com qualidade.
E o que essa qualidade significa? Significa uma aula bem planejada onde o aluno é agente ativo da aprendizagem. Onde o inglês é interessante e é prazeroso falar essa língua.
É isso que fazemos nas nossas 4 unidades – crescemos, hein?!
Desafios? Todo dia!!! Muito trabalho, nós nunca paramos.

Hoje a equipe de “loucos e loucas” é maior: Ana Claudia, Evelise, Rodrigo, Flávia (s), Bruna e Vivian que também acreditam na nossa metodologia e nosso jeito de ensinar e trabalhar.

Nessa caminhada buscamos pessoas com potencial educativo (como diria o Professor Zé Pacheco), pessoas que gostam de sentar no chão, olhar para crianças e dar voz a elas!
Pessoas que entendem que jogar um jogo de memória em inglês é muito mais do que ensinar a língua e que sabem de todos os aspectos de desenvolvimento que estão presentes naquele momento.

E hoje além de muito trabalho e muitos desafios, tenho também orgulho de tudo que a Language in Life é. Do nosso pioneirismo, da formação e desenvolvimento dos nossos professores e coordenadores e, principalmente, do inglês dos nossos alunos!

Salário é até 61% maior entre quem fala inglês fluente, diz pesquisaErros comuns ao escolher sua Escola de Inglês